Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O uso do vibrador é prejudicial?

por FernandoMesquita, em 12.11.14
 

mulher-vibrador-24791.jpg

 
"Se a mulher usar constantemente o vibrador poderá ser prejudicial para a saúde? E com o tempo poderá ter mais dificuldade em sentir prazer com o companheiro?"

 

Aqui fica mais um pedido de ajuda de um leitor do nosso BLOG.
Aproveite e dê o seu apoio através de um comentário!

Estes testemunhos são reais e poderão ajudá-l@ a compreender também os seus problemas...
PARTILHE AS SUAS EXPERIÊNCIAS ... AJUDE OS OUTROS !!!
 
(Nota: alguns destes pedidos serão publicados na Revista ANA de forma anónima)

 

 
Cara leitora
 
julgo que a sua questão se baseia, essencialmente, num mito que apenas serve para gerar sentimento de culpa nas mulheres e impedi-las de terem uma vida sexual mais gratificante ou, pelo menos, mais variada. 

Não é por acaso que pode encontrar vibradores de todas as formas e tamanhos pois, cada vez mais, é reconhecida a sua importância na variedade e enriquecimento das oportunidades sexuais. Não há qualquer verdade na ideia de que as mulheres podem ficar viciadas no vibrador. 


Apesar dos orgasmo provocados por um vibrador poderem ser mais intensos e durarem mais tempo do que quando fazem amor, muitas mulheres sentem a falta de uma série de outras sensações físicas e emocionais inerentes ao sexo corpo a corpo. 


Outro mito muitas vezes associado ao uso de vibradores é que “alarga” a vagina, porém esta ideia é totalmente descabida visto que, durante a excitação, a vagina aumenta de diâmetro e adapta-se à introdução do pénis ou de “brinquedos sexuais” e volta ao seu estado normal ao cessar a excitação. 


Finalmente, importa referir que apesar de alguns homens se sentirem constrangidos com a presença de um vibrador, durante a atividade sexual, por julgarem que isso significa que não são “suficientemente homens” ou bons amantes, outros ficam super excitados e aceitam naturalmente enriquecer os jogos sexuais com alguns “brinquedos”. Tudo depende da autoconfiança e da capacidade de aceitar variações, na atividade sexual, de cada um.


Obrigado pela sua questão,

Psicólogo - Sexólogo Clínico
Tel: 969091221
 
QUAL A SUA OPINIÃO? 
DEIXE O SEU COMENTÁRIO!
A SUA EXPERIÊNCIA PODE SER FUNDAMENTAL...
OBRIGADO!
 
Importante: se tiver alguma questão a colocar deverá enviar mail para: psicologiananet@gmail.com

 
 
VEJA AINDA:
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:11



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Mensagens

Comentários recentes

  • Rosimeire Maciel Fagundes

    Olá tenho 30 anos eu tbm sinto dificuldades,sinto ...

  • Anónimo

    23/11/2017 Olá,meu nome é Luis tenho 60 anos,me ...

  • Anónimo

    Boa tarde Dr.preciso de ajuda se for possívelTenho...

  • Hermano

    Olá, meu amigo, bom dia.Primeiro eu gostaria de di...

  • Simone

    Tenho 41 anos e 23 anos de casada nunca senti nada...